Casar no civil. Como funciona em Portugal?

Um Destination Wedding, por mais charmoso e idílico que soe e seja, também está sujeito às burocracias da praxe. E para que tudo corra pelo melhor, é bom informar-se sobre as regras para casar em Portugal. Quanto mais prevenção, menos chatices e mais tempo para desfrutar do período mais romântico da sua vida.

 

Destination Wedding em Portugal

 

Destination Wedding em Portugal

 

Os passos são simples. Se já sabe a zona onde quer casar, contacte o Registo Civil mais perto do local (Lisboa, Porto, Alentejo, Algarve?). Consigo já deverá ter alguns documentos: certidões de nascimento (emitidas há menos de 6 meses), passaporte (ou carteira de identidade se for de um país da União Europeia), declarações emitidas pelas autoridades do seu país atestando que os noivos são competentes para decidir casar. O processo é o mesmo para casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

 

Destination Wedding em Portugal

 

Destination Wedding em Portugal

 

Mas atenção, se os documentos que tem de apresentar não estiverem em português, tem que pedir a um tradutor oficial que faça a tradução. Calma! É simples descobrir um: fale com a embaixada ou consultado do seu país em Portugal e eles dão-lhe uma lista completa dos tradutores que podem ajudar. Fale também com eles para se certificar que um casamento no civil em Portugal é válido também no seu país. É certo que os casamentos no civil em Portugal são válidos em todos os países da União Europeia e mais uns quantos em todo o mundo (quase todos), mas nunca é demais prevenir.

 

Destination Wedding em Portugal - festa

 

Destination Wedding em Portugal - bolo de noiva

 

Destination Wedding em Portugal - bolo de noiva

 

No período que estiver “a namorar” os melhores locais de Portugal para um casamento, aproveite para passar pela embaixada portuguesa no seu país. Eles podem ajudar-vos com o processo também. Confirmadas as informações e tratados os papéis, só falta viajar. E desfrutar das praias selvagens no Alentejo, perfeitas para um casamento de praia, ou das vinhas do Douro, para um casamento vínico. Cá vos esperamos!

 

As imagens foram clicadas por três dos nossos fornecedores selecionados. As primeiras duas fotos pertencem à Adoro. As duas seguintes à R2Arte e as três últimas à Lounge Fotografia.


1 Comment

  1. Olá!
    Fiquei com uma dúvida: essas “declarações emitidas pelas autoridades do seu país atestando que os noivos são competentes para decidir casar.” Como faço pra tirar ? É no consulado do Brasil?

Submit a comment